Opinião

Atendimento no posto
18 de outubro de 2017
Biblioteca Cidadã sofre com ação de vândalos
18 de outubro de 2017

Opinião

Bom dia, leitor!
‘Carpe diem!’
– Hoje, 18 de outubro, é comemorado o ‘Dia das Comunicações e Eletrônica da Marinha’.
– Também hoje é o “Dia do Pintor’, ‘Dia do Estivador’ e ‘Dia do Médico’.
– A Igreja Católica comemora hoje o dia de São Lucas.

Leitor atento
Esteve em nossa redação o leitor João Soldatelli, arquiteto, que solicitou uma correção que a coluna humildemente faz questão de registrar: na edição de 14 de outubro próximo passado afirmamos que foi naquela data, no ano de 1978, a abertura do Canal de Desvio do Rio Paraná que permitiu o início da construção da Casa de Força da Usina de ITAIPU. O senhor Soldatelli nos corrigiu afirmando que, na verdade, a data correta é 20 de outubro, data em que se celebra em Foz do Iguaçu o ‘Dia do Barrageiro’. Nosso agradecimento todo especial ao senhor Soldatelli.

Brazil
Na coluna passada falamos da multa acordada entre o delator Lúcio Funaro, operador dos dinheiros do PMDB segundo a grande mídia, e a Justiça Federal: R$ 45 milhões de reais. Deve ser muito rico o tal de Funaro. Pagará em 30 anos sua multa e, certamente, ainda deverá sobrar muito para desfrutar a vida. Que prosperidade a de Funaro!
Agora chega a notícia dando conta de que os advogados da família Lula da Silva entregaram à justiça o inventário dos bens do casal: R$ 11 milhões e 700 mil. Quanta prosperidade!
Nada mal para alguém que em 1960 estava com 15 anos de idade começou a trabalhar como metalúrgico e que, em 1969, passou a militar no movimento sindical e depois de seis anos (1975) assumiu a presidência do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo. Em 1980 Lula fundou o PT. Dia 27 de outubro vindouro o ex-presidente completará 72 anos.
Vai ver Tim Maia é que estava certo: “Na vida a gente tem que entender/Que uns nascem pra sofrer/Enquanto o outro ri”.

Carbureto e o STF
Thomas Piketty é o ídolo de Carbureto, um homem que ainda acredita em redentores como Lula, o nosso atual pai dos pobres e mãe dos banqueiros. Carbureto comemorou como poucos as indicações petistas ao STF, principalmente no que tange a questão da nomeação das mulheres; mulheres como a atual presidente daquela Casa, Carmen Lúcia, que dentre tantas pronunciou frases como:
– ‘a população clama por justiça e é contra a impunidade’;
– ‘ética não é uma escolha, mas a única forma de se viver sem o caos’;
– ‘sem o Poder Judiciário forte, livre e imparcial não teremos uma democracia’.
Carbureto está mais que seguro de que a ministra e atual presidente do STF agiu da forma mais democrática possível ao dividir com o Congresso Nacional a missão quanto a casos de punição a parlamentares pilhados em crimes comuns, como é o caso do senador Aécio Neves – a quem Carmen Lúcia dirigiu vários apelos à época de sua candidatura ao STF.
Com ministros que viajam demais, que agem mais como políticos que juízes que são, que falam descontrolada e desbragadamente, que rasgam a Constituição sem peias e que foram nomeados para a mais Alta Corte de justiça do país tendo sido reprovados em exames para a primeira instância em mais de uma vez, soa estranho que só Carbureto ainda fale bem do STF com tanto entusiasmo.

As voltas que a vida dá
Recordar é viver: em 2015, quando Delcídio do Amaral (PT-MS) foi preso, Aécio Neves entrou com ação no STF para que fosse determinada votação em aberto para decisão quanto a cassação do senador, que tentou comprar um delator para que não delatasse. Agora em 2017 há um acordo no Senado para que a votação seja secreta de modo a salvar o mandato de Aécio. Uns amadores; o Brasil não precisa e nem quer mais parlamentares ‘radioativos’ como Aécio.

Guarda-chuvas a postos ok, leitor? Dizem que amanhã chove. Boa quarta-feira!
Sorte e saúde a todos, por toda a vida!

Share

GDIA