Paixão pelas ciências levou a casamento binacional

PTI promove curso de Fundamentos em Gerenciamento de Projetos
12 de março de 2018
Diocese recebe hoje Moção de Aplauso pelos 40 anos
12 de março de 2018

Paixão pelas ciências levou a casamento binacional

Nem o idioma nem a distância foram obstáculos para a união de Sandra Lely Martinez Panigua, 19 anos, que morava em Salto del Guairá, no Paraguai, e Paulo Henrique Sissa, 18, de Cascavel. A paixão pela ciência foi o que aproximou o casal, em 2016, durante a Feira de Inovação das Ciências e Engenharias (FIciencias), que é promovida pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI). O projeto de Paulo foi um dos premiados no evento, mas ele faz questão de ressaltar que a “melhor premiação foi ter conhecido a Sandra”. No final de fevereiro deste ano, essa paixão resultou em casamento. Do colégio de Sandra, o projeto dela e de duas colegas, de sabonetes que curam, foi o único selecionado para participar da Ficiencias naquele ano. Já Paulo apresentou o projeto de um robô para auxiliar idosos, com alertas em caso de emergência e horários de medicamentos. (Da assessoria /Fotografia: Arquivo pessoal)

Share

GDIA