Obra mal feita gera ressarcimento de R$ 650 mil a São Miguel do Iguaçu

Adolescentes roubam carro e atropelam idosa no Porto Belo
11 de janeiro de 2018
Comunidades religiosas de Ciudad del Este condenam venda de boneca trans
11 de janeiro de 2018

Obra mal feita gera ressarcimento de R$ 650 mil a São Miguel do Iguaçu

Ao analisar processo de Tomada de Contas, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) julgou irregular a construção de barracão para indústria de confecções custeada pela Prefeitura de São Miguel do Iguaçu (Oeste do Estado), durante o primeiro mandato do ex-prefeito Armando Luiz Polita (gestões 2000-2004 e 2009-2012). Devido às irregularidades comprovadas, Polita e a Construtora Oliveira Ltda. devem ressarcir o município em R$ 651.727,54, corrigidos monetariamente desde a realização da obra. A tomada de contas foi instaurada para verificar a existência de dano ao erário municipal decorrente da utilização de materiais com espessuras inferiores às indicadas no projeto da obra, além da necessidade de conserto e reforço da estrutura após a ocorrência de um vendaval, em que uma parte do barracão desabou. (TCE-PR / Foto: PM SMI)

 

Share

GDIA