CAGED aponta queda na geração de empregos em Foz do Iguaçu

Oriente-se: Museu Oscar Niemeyer abre exposição inédita sobre a Ásia
11 de março de 2018
Prefeita manda fechar loja na área central de Ciudad del Este
11 de março de 2018

CAGED aponta queda na geração de empregos em Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu iniciou o ano com queda na geração de empregos. Segundo dados divulgados pelo Ministério do Trabalho, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em janeiro as empresas admitiram 2.186 pessoas e desligaram 2.075, resultando em um total de 114 novos postos de trabalho, 105 a menos que no mês anterior. A expectativa é de que esse cenário melhore a partir da terceira semana de março, com as contratações temporárias para o período de Páscoa. Os empresários preveem um crescimento de até 20% na venda de chocolates em Foz, esse aquecimento motiva a criação de novas vagas, especialmente no comércio e na indústria para o setor de produção, que precisará de reforço para a fabricação, empacotamento, estocagem e logísticas de distribuição dos produtos no varejo. Em todo o estado é esperada a contratação de pelo menos três mil colaboradores. Na mesma perspectiva, o Paraná começou 2018 ocupando o terceiro lugar no ranking nacional de geração de empregos com 11.637 contratações no mês de janeiro. O estado ficou atrás apenas de São Paulo e Rio Grande do Sul, que são maiores em população. (Da Redação/Foto: Divulgação)

Share

GDIA