Orçamento de 2018 não prevê correção da tabela do IR, informa Receita Federal

Escolas municipais de Foz do Iguaçu serão parte de projeto intercultural de fronteira
11 de janeiro de 2018
Começa a busca por materiais escolares em Foz do Iguaçu
11 de janeiro de 2018

Orçamento de 2018 não prevê correção da tabela do IR, informa Receita Federal

Sem correção há três anos, a tabela do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) passará mais um ano sem reajuste, informou ontem (11) a Receita Federal. Para este ano, a faixa de isenção continuará em vigor apenas para quem recebe até R$ 1.903,98. De acordo com cálculos do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Nacional (Sindifisco Nacional), a defasagem acumulada da tabela do Imposto de Renda entre 1996 e 2017 chega a 88,4%, se a correção pela inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) tivesse sido aplicada todos os anos. De acordo com o Sindifisco Nacional, se toda a defasagem tivesse sido reposta, a faixa de isenção para o Imposto de Renda seria aplicada para quem ganha até R$ 3.556,56. O desconto  por dependente subiria de R$ 2.275,08 para R$ 4.286,28 por ano. O valor deduzido com gastos de educação chegaria a R$ 6.709,90, contra R$ 3.561,50 atualmente. (Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil/Foto: Divulgação)

Share

GDIA