Agentes penitenciários repudiam a falta de segurança nas unidades prisionais de Foz

Pesquisa mostra que 84% da população consideram o Brasil um país burocrático
17 de outubro de 2017
Estado repassa R$ 1, 27 milhão para entidades de Foz
17 de outubro de 2017

Agentes penitenciários repudiam a falta de segurança nas unidades prisionais de Foz

Os servidores da Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu (PEF 2) se reuniram na manhã de ontem (17), em frente a unidade prisional, em ato de repúdio a tentativa de homicídio contra um dos agentes, ocorrida na tarde de segunda-feira (16). De acordo com informações, a situação foi registrada no momento em que o funcionário conduzia um dos presos até a ala de segurança restrita, onde ficam os detentos considerados de alta periculosidade. Em posse de uma espécie de faca feita com arames, o homem golpeou o agente que sofreu graves ferimentos no abdômen, braços e cabeça. Socorristas do SIATE foram acionados juntamente com apoio médico para prestar atendimento. A vítima foi levada consciente ao Hospital Municipal, e por sorte não corre risco de morte, mas está psicologicamente abalada. O motivo que teria desencadeado a agressão não foi informado. (Da redação /Foto: divulgação e Tribuna Popular)